sexta-feira, 13 de junho de 2008

O vídeo do celular que estoura pipoca, bom viral, mas burrice total.



Segue a definição de marketing viral que consta na wikipedia:

De forma mais geral, o marketing viral se utiliza as vezes para descrever algumas classes de campanhas de marketing baseadas na internet, incluindo o uso de blogues, de sites aparentemente amadores, e de outras formas de astroturfing para criar o rumor de um novo produto ou serviço.


E o mais recente vídeo viral que surgiu foi o da reunião de algumas pessoas e com seus celulares ativados conseguindo estourar uma pipoca. Incrível não? Será que dá certo? Não é possível. E foi assim essa reação que eu tive quando recebi o link, sem saber que era um resultado de marketing viral. Pensava que era simples vídeo falso que alguns garotos fizeram para se divertir.

Veja um dos vídeos:



Mais tarde, li esse post do Cardoso no Meio Bit, e aí fiquei mais encucado. Tá, um resultado de uma campanha de marketing viral. Sucesso? Nos termos em que define a wikipédia, quase. Por que? Vejamos. O vídeo realmente se alastrou pela internet, causando diversas reações. Mas, e levava o nome de qual empresa? Ou apresentava qual produto?

Acredito que depois a empresa que criou essa campanha lhe fez os mesmos questionamentos, ou apenas também leu o post do Cardoso, e assumiu em nota pública que o vídeo era sim uma campanha viral. Só penso que fizeram isso no tempo errado, se eles tivesem feito isso antes, a marca deles estariam sendo projetada de uma maneira mais eficaz.

Simplesmente queimaram o cartucho. Uma boa chance de fazer uma boa campanha e render excelentes resultados.

E se fosse só isso estaria tudo bem. Diz-se que a idéia do vídeo era para promover um fone bluetooth na seguinte idéia: Se um celular faz isso com uma pipoca, imagine o que ele faz com seu rosto! Então use o fone bluetooth.

O fone bluetooth vai substituir o celular? Não! Simplesmente você utilizará o fone no ouvido, ao invés do celular. Assim, o celular, ao invés de causar dano na sua cabeça, vai causar dano no seu orgão sexual quando for transportado no bolso da frente da sua calça. uhuhuhuhuhhu Sentiu medo agora? Se sua resposta for não, concorde comigo que o uso do fone bletooth apenas para evitar o dano na sua cabeça não é o fator que lhe preocupa, portanto, não precisa comprar o fone deles! Se sua resposta for sim, esqueça bobo. É um vídeo falso, e você não precisa comprar um fone bluetooth só pelo medo.

Resumindo, a idéia foi boa, mas o conjunto da obra não faz sentido.

3 comentários:

Carla Menezes disse...

Posso estar sendo bicho-do-mato...Quando vi o anúncio do link do vídeo no uêba, eles diziam que só servia com 6 celulares pra cima. Me desinteressei logo pq não ia conseguir 6 celulares em tempo hábil pra testar. Resultado: não assisti o vídeo! xD

Ed disse...

HAhuhwahwahw....além de conseguir os 6 vc teria que ligar pra eles ao mesmo tempo...ou seja...dobra o numero de celulares!

Carla Menezes disse...

uahuahuahuhauhauhauhauhauha
agora é que eu não vejo mesmo!